A bela Vila Gomes

vila


vila2 vila3


Situada na encosta da Penha-de-França, a Vila Gomes apresenta uma estrutura de edifício em banda, com dois pisos distintos e com uma galeria de acesso e escadas em ferro. Trata-se de uma vila operária bastante interessante, pelas suas características arquitectónicas, cores e pela sua própria presença numa das encostas da cidade.
O seu primeiro projecto data de 1901, mas começou a ser construída apenas em 1908. Um ano mais tarde é solicitada autorização para construir mais um piso, a qual foi negada.
Na década de 90, encontrando-se em avançado estado de degradação, a Vila Gomes foi submetida a um projecto de recuperação, com intervenções ao nível do seu exterior, bem como do interior. O projecto de reabilitação (da autoria do arquitecto Luiz de Magalhães) procurou assim garantir condições de conforto e a preservação da imagem característica do conjunto, o que lhe valeu a atribuição do 1º Prémio RECRIA 2001.

Anúncios

Miradouros e Vilas da Graça

graca


No próximo dia 20 de Setembro, Domingo, ao longo de duas horas, vamos percorrer miradouros com vistas de perder o fôlego, e as vilas operárias da Graça, testemunhas de um passado industrial. Vamos ainda conhecer uma cadeira centenária e, dizem, milagrosa!

O ponto de encontro será às 14.30, junto ao Elevador do Castelo, na Rua dos Fanqueiros, nº178. Envie-nos um e-mail para geral@misslisbon.com e venha connosco!

Miradouros e Vilas da Graça

graca


No próximo dia 20 de Setembro, Domingo, ao longo de duas horas, vamos percorrer miradouros com vistas de perder o fôlego, e as vilas operárias da Graça, testemunhas de um passado industrial. Vamos ainda conhecer uma cadeira centenária e, dizem, milagrosa!

O ponto de encontro será às 14.30, junto ao Elevador do Castelo, na Rua dos Fanqueiros, nº178. Envie-nos um e-mail para geral@misslisbon.com e venha connosco!

De vila operária a condomínio de luxo

Vila/Páteo Bagatela, Rua da Artilharia 1

vo1


Manuel José Monteiro, mineiro retornado do Brasil, mandou edificar nos terrenos da sua quinta, mais tarde conhecida por Quinta do Mineiro, uma Vila Operária, erguida de acordo com a arquitectura tradicional dessa época.

Construída por volta de 1900, a sua vila foi projectada formando um pátio – O Páteo Bagatela – com uma correnteza de edificações com piso térreo e um piso elevado cujo acesso se faz através de escadas e uma galeria.

 

vo4

Continuar a ler

A Lx Factory e a primeira vila operária criada em Lisboa

LX Factory, Rua Rodrigues de Faria, Alcântara

lxf1


A LX Factory encontra-se instalada num conjunto de antigas fábricas do século XIX, construídas para a produção e fiação de tecidos. Os edifícios foram mandados construir pela Companhia de Fiação Lisbonense (CFL), que contratou o arquitecto português João Pires da Fonte para desenhar o projecto da “Fábrica de tecidos e fiação de algodão de Santo Amaro”. O primeiro edifício a ser erguido foi o da Fábrica Grande, em 1849.

lxf5


O esquema adoptado pelo arquitecto para a construção da fábrica de Santo Amaro privilegiou a solarização, projectando o edifício no sentido perpendicular ao rio, sem se esquecer de salvaguardar a distância necessária para a possibilidade de expansão da fábrica. Assim, o que encontramos ainda hoje, é um extenso bloco paralelepipédico, composto por quatro pisos, com um espaço livre e polivalente, que suportava facilmente todo o tipo de maquinaria.

Continuar a ler